Visitas ao Património da Vila de Alpedrinha

Ponto de Encontro: Posto de Turismo de Alpedrinha

Sábado: 11h00 | 16h00 | 18h00

Domingo: 11h00 | 16h00

Visitas Gratuitas


Programa Turístico – Pelos Caminhos da Transumância

Duração: 1 dia

Disponibilidade: 16 e 17 de Setembro

10h00
A manhã começa com a visita a uma queijaria tradicional na vila da Soalheira, conhecida por terra de bom queijo. Somos acompanhados por mãos experientes, na criação desta iguaria gastronómica, que nos explicam todo o processo de fabrico do queijo Amarelo da Beira Baixa, feito do melhor leite de cabra e ovelha do concelho. Continuamos ao sabor dos caminhos da transumância descobrindo a Aldeia Histórica de Castelo Novo. Descemos no parque da Alardo, junto à fábrica que aproveita um dos bens mais valiosos da Serra da Gardunha, a água! Água esta que nos acompanhará por todo o percurso da aldeia. Descemos a rua e embrenhamo-nos pela história desta aldeia! Paramos num dos monumentos mais antigos da aldeia - a Lagariça. Datado do séc. VII ou VIII, este orifício, cravado na rocha granítica, era um antigo lagar de vinho comunitário. Partimos de seguida em direção ao marco da paisagem desta aldeia, o Castelo. Mandado edificar pelo segundo rei de Portugal, D. Sancho I, encerra em si mais de 800 anos de história! Do alto da torre de menagem deslumbramos uma paisagem incrível sobre o planalto de Castelo Branco e conseguimos observar a bela aldeia histórica de Monsanto. Seguimos a calçada até aos antigos Paços do Concelho. Aqui somos confrontados com o símbolo do poder administrativo e judicial da aldeia, o altivo pelourinho – marco de força do outrora concelho de Castelo Novo. Ao longo do passeio, continuamos a ouvir as levadas de água e decidimos que este será o melhor caminho a percorrer até mais um local que merece ser descoberto! Chegamos ao Largo a Bica! Somos logo arrebatados pelos solares pertencentes às famílias nobres da aldeia e pelo Chafariz, mandado edificar por D. João V, e que dá nome ao lardo. Contam-nos também que aqui se realizavam as festas da aldeia e, que antigamente, era ao sabor dos bailaricos que se arranjavam os namoricos.


13h00 | Almoço

 

15h00| Tarde
Depois de um almoço reconfortante, chegamos à Vila de Alpedrinha que se enche de festa por estes dias, ao som do balir dos chocalhos. Sim, estamos nos Chocalhos – Festival dos Caminhos da Transumância! Celebram-se os movimentos ascendes e descendes dos rebanhos em busca dos melhores pastos. Iniciamos o passeio no espaço temático - O Bardo e somos invadidos por um vasto conjunto de atividades ligadas à temática da pastorícia. Iniciamos, de seguida, o nosso percurso pela Vila de Alpedrinha e vamos de tasca em tasca provando o melhor da terra, sempre acompanhados pelos sons transumantes que saem dos bombos, das gaitas- de-foles e dos pífaros que vão fazendo soar as notas pelas ruas. Jantamos, numa das tascas, uma bela chanfana que nos faz querer voltar. Vamos vagueando pelas ruas ao encontro da animação e diversão que existe em cada esquina, em cada ruela e nos palcos que se espalham por toda a malha urbana da Vila de Alpedrinha.


Valor do programa: 
5,00€/pessoa

Marcações:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  | 961 123 062  | Mínimo 10 pessoas


Sheep Caching

Desafio que te levará numa descoberta pelo património construído de Alpedrinha mas também pelas tradições pastoris tudo isto complementado com um conjunto de desafios bem divertidos. Desloca – te até ao Posto de Turismo de Alpedrinha e recebe a primeira Pista. Não de esqueças de guardar as cinco caches para apresentares no local da última pista. Ganha fantásticos prémios e habilita-te a um fim-de-semana no Fundão